Clínica

Dr. Helder

DICAS

  1. RENAULT
  2. BMW SÉRIE 5 (F10/F11) | SÉRIE 4 (F32 / F33) | SÉRIE 3 (F30 /F31)
  3. AUDI | SEAT | SKODA | VOLKSWAGEN | 1.6 TDI CAYA CAYB CAYC (MODELOS ENTRE ± 2009 e 2015)

RENAULT

COMO RECARREGAR AC?Como recarregar AC em viaturas Renault equipadas apenas com bocal de Alta Pressão? Neste documento explicamos como efetuar o carregamento e como garantir que tudo foi bem feito. Mostramos como identificar o circuito de alta ou baixa pressão e o diagnóstico de pressões de funcionamento após carregamento. Descarregue o documento aqui

BMW SÉRIE 5 (F10/F11) | SÉRIE 4 (F32 / F33) | SÉRIE 3 (F30 /F31)

A LUZ DE SERVIÇO NÃO APAGA APÓS TROCAR OS TRAVÕES?SINTOMA: Foram substituídos os travões dianteiros ou traseiros e a luz de serviço dos travões dianteiros ou traseiros não apaga. SOLUÇÃO: Este é um problema recorrente em várias oficinas e que, por vezes, faz o reparador perder várias horas a tentar apagar a luz de serviço de travões. Para que o procedimento de reajuste do período de manutenção do sistema de travagem seja rearmado, há que cumprir alguns pré requisitos e, normalmente, um destes não está a ser cumprido. Os requisitos são:→ Sensor de desgaste novo e de origem, ou marca reconhecida pela qualidade;→ Bateria do veículo acima dos 12.5V;→ Portas, capot e mala fechados;→ Travão-de-estacionamento desativado. Muitos das vezes este último passo, de ter o travão-de-mão desativado é esquecido, assim como garantir que a bateria se encontra a um nível superior a 12.5V.Essas são as duas principais causas a criar dificuldades no dia-a-dia em apagar esta luz de serviço.

AUDI | SEAT | SKODA | VOLKSWAGEN | 1.6 TDI CAYA CAYB CAYC (MODELOS ENTRE ± 2009 e 2015)

VIBRAÇÃO NO HABITÁCULO?SINTOMA: Sem avarias em memória. Em estrada o comportamento é normal, mas em ralenti é instável e transmite muita vibração para o habitáculo. SOLUÇÃO: Neste caso, o problema é muitas vezes associado a problemas com o controlo dos injetores, sendo que muitos reparadores optam na maior parte dos casos por os mandar testar/reparar emestabelecimentos especializados. Esta solução por vezes resulta e é mesmo a solução necessária, outras vezes a viatura continua com o mesmo comportamento ou em alguns casos, com um comportamento ainda pior. Antes de desmontar os injetores presentes na viatura, avalie os diversos parâmetros, tais como massa de ar aspirado, sensores de temperatura, pressão do coletor, e os desvios da quantidade de injeção dos 4 injetores, sendo que este último parâmetro tipicamente é onde se encontra o desequilíbrio. Verificar também se os injetores se encontram corretamente codificados e montados na posição correta. O autor deste artigo alerta para essa situação visto já se ter deparado mais que uma vez com a mesma. Após todas estas verificações, selecionar “Ajustes “dentro do menu de comunicação do motor e a opção “teste de compressão” para se certificar que em principio não se trata de um problema mecânico o causador das diferenças nos desvios de quantidades de injeção verificados anteriormente. No caso de teste de compressão positivo, continuando no menu de ajustes, selecionar “adaptação vazão combustível mínima para service”.Para executar esta operação o veiculo tem de se encontrar em funcionamento a ralenti e com a temperatura do motor superior a 70ºC.Durante cerca de 10 a 15 minutos o motor vais oscilar entre vários regimes e acelerando e desacelerando por vezes de forma brusca.O reparador também irá notar durante vários momentos a injeção a ficar “rija” e “suave”, quando o procedimento termina, o veículo volta novamente a ralenti, e caso agora já esteja estável, isso significa que o problema para já está resolvido, ou seja, a unidade conseguiu dentro da margem de adaptação possível ajustar o débito dos injetores otimizando o funcionamento dos mesmo. Caso o mau comportamento em ralenti se mantenha, aí será necessário provavelmente proceder à reparação/substituição dos injetores, sendo que após a substituição, estes devem ser programados e este processo executado.